terça-feira, 9 de outubro de 2007

ZULAIDA E O POETA

Livro acabadinho de sair. E bonito graças às ilustrações da Inês Maçano

Duas histórias de amor e uma de Natal.

- A Histórias dan Rainha das sombras que um dia viu desaparecer a sua própria sombra.

- A história de Zulaida que foi salva da clausura pelo amor de um poeta e pela força do seu canto.

- A história de Benjamim o passarinheiro, que acreditava em coisas impossíveis.

Também eu acredito em coisas impossíveis. Já tinha idade para ter juízo, dirão. Mas as palavras não me deixam descolar-me deste lado de cá da vida onde vivem as histórias.

1 comentário:

Artur disse...

Bem, mas ainda bem que não tens juízo. Quando o tiveres, aí sim, tens idade, perdeste o vigor e o peso do mundo caiu-te nos ombros...

Não te ofendas com a do juízo. Podes ser um tipo pouco convencional, mas ainda bem, porque uma sociedade composta só de pessoas convencionais é, talvez, um pouco estéril e entediante.